De 14 de abril a 7 de maio, o público visitou os 17 bares participantes do Comida di Buteco edição 2017, degustou e votou no seu petisco preferido. Agora, falta pouco para saber quem vai levar o título de melhor buteco da cidade. O campeão desta oitava edição do concurso, disputará ainda o “Melhor buteco do país”, concorrendo com os ganhadores de todas as cidades participantes do Brasil. A festa de premiação do campeão de Ribeirão Preto acontecerá no dia 29 de maio. 

O concurso teve os cereais como temática para a criação dos petiscos. O tema criativo, visa estimular a pesquisa da cultura gastronômica por parte dos butecos, a criatividade e a pluralidade no uso de recursos, ingredientes e histórias. 

Para chegar ao grande vencedor, foram avaliados os seguintes critérios: petisco, higiene, temperatura da bebida e atendimento. O primeiro correspondia a 70% do peso da nota e os restantes 10% cada um. Além do público, cada boteco também foi avaliado por um corpo de jurados. A apuração dos votos foi feita pelo Instituto Vox Populi.

O concurso foi criado em 2000, com a missão de TRANSFORMAR VIDAS ATRAVÉS DA COZINHA DE RAIZ – BOTECO EXTENSÃO DE SUA CASA. Pioneiro nesse segmento, em 2015 conquistou finalmente todas as cinco regiões chegou ao sul do país, fincando bandeira na última região onde ainda não era realizado. Assim, desde então ele pode ser, legitimamente, chamado de nacional!

O Campeão dos Campeões

Em junho, uma comissão de jurados escolhida, especificamente, para essa missão, vai visitar os 20 campeões para eleger o melhor dos melhores. Cada buteco vai receber três jurados, um da própria cidade e dois de outras cidades. É como se o Comida di Buteco tivesse duas etapas: eleição do melhor da cidade, envolvendo públicos e jurados e eleição do melhor do país validada por outra comissão de jurados que não participou da primeira etapa.

Comentários via Facebook

Comentários via Facebook

Responder

Conectar com: